BlogBlogs.Com.Br

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Dicas importantes para doadores - porque adotar é ótimo, mas não é brincadeira!

Animais de estimação não são brinquedo, pelo contrário, são mais um membro em nossa família e muitas vezes são como crianças. Ao adotar ou comprar um animal (o que não apoiamos neste blog) você está se tornando responsável por uma vida, e isso deve ser muito bem ponderado e levado a sério até o fim.

Os animais se apegam às pessoas e sofrem muito quando se sentem rejeitados. Somente em último caso, se esta for o melhor para o animal, então somente a partir deste momento pense em doar.

Para fazer isso é necessário ter muito cuidado ao escolher a quem dar o animal, principalmente se o novo adotante for um estranho.

É muito comum as doações serem combinadas pela internet, e isso pode ser a pior coisa para a vida do bichinho. Pode parecer absurdo para alguns, mas tem gente que adota exclusivamente com o objetivo de maltratar. Os cuidados devem ser redobrados nos casos de doação de animais de cor preta (principalmente gatos, mas também cachorros), pois são especialmente procurados por gente maluca para rituais de magia negra.

Pensando nisso, seguem algumas dicas:

1) Entreviste rigorosamente cada interessado em seu bichinho.
Pergunte quais as razões o fazem querer um cão ou gato; se ele já teve outros animais; com que idade e do que morreram esses outros animais; se ele tem espaço físico em casa compatível com as necessidades do animal; se ele tem alguém que possa se responsabilizar pelo animal durante ausências prolongadas como nos feriadões ou nas férias.
Se possível, converse também com familiares ou vizinhos do candidato. Se considerar qualquer coisa estranha ou insatisfatória, diga não e procure outro adotante.

2) Uma situação que pode complicar muito a vida do animal, é quando os pais não gostam, não têm tempo nem paciência, mas arrumam um bichinho somente para fazer a vontade do filho. Não se pode esperar que crianças tenham a responsabilidade de cuidar de qualquer animal como ele precisa - higiene, alimentação, passeios etc. Se perceber que a situação é essa, diga não e procure outro candidato.

3) Faça questão de você mesmo levar o animal até a casa do adotante. Verifique se o ambiente é limpo, se o espaço é suficiente, se o animal ficará soltou ou confinado e se os outros moradores concordam com a adoção. Observe muros, portões e grades e certifique-se que a casa é segura o bastante para evitar que o animal fuja. No caso de doação de gatos, as janelas devem ser teladas. Se tiver outros animais na casa, observe o comportamento deles - se são tristes, malcuidados, medrosos demais ou agressivos. Se considerar qualquer coisa estranha ou insatisfatória, diga não e procure outro adotante.

4) Fale claramente para o adotante que ele pode devolver o animal a qualquer momento caso a adoção não dê certo. Há muitos casos de adotantes que se arrependem e acabam soltando o animal na rua por não saberem o que fazer com ele. Também diga claramente ao adotante que você espera que ele trate bem do animal e que a doação será cancelada no caso de maus-tratos ou negligência.

5) Para saber se há maus-tratos ou negligência, é preciso acompanhar o animal na nova casa, pelo menos por uns tempos. Telefone de vez em quando e mostre interesse pelo destino do animal. Combine com o adotante de fazer visitas periódicas e observe bem se o bichinho apresenta mudanças significativas de comportamento. Se achar qualquer coisa estranha, pegue o animal de volta imediatamente.

6) Peça ao adotante para prencher o Termo de Adoção Responsável (modelo abaixo para copiar e imprimir). Esse documento esclarece quais são as responsabilidade do adotante. Deixe uma cópia com ele e guarde a via original com você. Caso mais tarde você constate situação de negligência ou maus-tratos, poderá usar o documento para fazer a denúncia.

7) Uma condição essencial é entregar o animal (seja macho ou fêmea) já castrado ao adotante. Isso impedirá que ele venha a ser explorado por criadores inescrupulosos que se fazem passar por adotantes. Isso acontece muito no caso de cães de raça e se for essa a intenção da pessoa, ela perderá o interesse ao saber que o animal já foi castrado.
No caso de animais SRD (sem raça definida), a castração evitará que venham ao mundo mais filhotes indesejados, abandonados ou maltratados. Na cidade de São Paulo, a Lei municipal 14.483/2007 proíbe a venda ou doação de animais não castrados e a prefeitura oferece Castração Gratuita. Saiba mais em: http://adotacao.blogspot.com/2009/03/campanha-de-castracao-gratuita-no-ccz.html

8) No caso de animais das raças com fama de agressivas, como por exemplo pit bulls, rottweilers e mastins napolitanos, todos os cuidados devem ser redobrados. Além dos criadores inescrupolosos, essas raças costumam ser vítimas de outras crueldades. Há quem procure esses cães para rinhas ou até mesmo como "arma" para a prática de assaltos. Há também particulares e empresas de locação de cães para guarda que se fazem passar por adotantes para conseguir animais de graça - geralmente esses animais passam uma vida de solidão e privação, condições sofríveis que podem transformar o bicho mais doce doce do mundo numa fera. Fique atento a esse tipo de adotante.

9) O adotante deve ter condições financeiras para atender às necessidades do animal em termos de alimentação, vacinação e saúde. De nada adianta doar um animal para quem não pode dar os cuidados que ele precisa.

10) Abandonar ou maltratar animais é crime. Pena: 3 meses a 1 ano de detenção e multa (Lei federal 9605/98)

Não sinta vergonha por fazer tudo isso. Lembre-se que o animal é seu e você o entrega somente se quiser e a quem quiser.


TERMO DE ADOÇÃO RESPONSÁVEL

Nome do adotante:
Identidade (RG):
CPF:
Endereço residencial:
Bairro:
Cidade/Estado:
Profissão:
Fone (com DDD):
Celular:

Nome do animal:
Espécie: ( ) cão ( ) gato Sexo: ( ) macho ( ) fêmea Idade:
Raça _________________ ( ) puro ( ) mestiço
Cor(es) da pelagem:
Porte: ( ) mini ( ) pequeno ( ) médio ( ) grande ( ) gigante
Castrado? ( ) sim ( ) não
Vermifugado nos últimos 3 meses? ( ) sim ( ) não ( ) sem informação
Vacinado? ( ) sim ( ) não ( ) sem informação - Se sim, quais vacinas recebeu:
Endereço onde ficará o animal: ( ) o mesmo acima ( ) outro: Qual?

Nome do doador:
Endereço:
Fone:
Celular:

Ao adotar o animal acima descrito declaro-me apto para assumir a guarda e a responsabilidade sobre este animal, eximindo o doador de toda e qualquer responsabilidade por quaisquer atos praticados pelo animal a partir desta data.
Declaro ainda estar ciente de todos os cuidados que este animal exige no que se refere à sua guarda e manutenção, além de conhecer todos os riscos inerentes à espécie no convívio com humanos, estando apto a guardá-lo e vigiá-lo, comprometendo-me a proporcionar boas condições de alojamento e alimentação, assim como, espaço físico que possibilite o animal se exercitar. Responsabilizo-me por preservar a saúde e integridade do animal e a submetê-lo aos cuidados médico veterinários sempre que necessário para este fim.
Comprometo-me a não transmitir a posse deste animal a outrem sem o conhecimento do doador. Comprometo-me também, a permitir o acesso do doador ao local onde se encontra o animal para averiguação de suas condições.
Tenho conhecimento de que caso seja constatado por parte do doador situação inadequada para o bem estar do animal, perderei a sua guarda, sem prejuízo das penalidades legais.
Comprometo-me ainda em ESTERILIZAR o animal adotado se o doador já não o tiver feito, contribuindo assim para o controle da população de animais domésticos.
Comprometo-me a cumprir toda a legislação vigente, municipal, estadual e federal, relativa à posse de animais.

Declaro-me assim, ciente das normas acima, as quais aceito, assinando o presente Termo de Responsabilidade, assumindo plenamente os deveres que dele constam, bem como outros relacionados à posse responsável e que não estejam incluídos neste Termo.

Abandonar ou maltratar animais é crime. Pena: 3 meses a 1 ano de detenção e multa (Lei federal 9605/98)

____________________________________
Assinatura do Adotante
____________________________________
Assinatura do Doador


São Paulo, _____ de ________________ de 2009.

5 comentários:

Silvana Nunes .'. 4 de fevereiro de 2010 18:22  

Puxa, gostei daqui.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom dia.
Saudações Florestais !

Fabiano Mayrink 4 de fevereiro de 2010 20:42  

Raquel picole de acerola tenho quase certeza que nao, mais imagino que deve ser muito gostoso pois o suco da fruta madurinha bem gelada é uma delicia, picole é uma coisa bem legal ne, acho que todo mundo quando criança se encantada pelos picoles, ou encanta-se ate hoje rs

Taia Assunção 4 de fevereiro de 2010 20:44  

Oi Raquel, seja bem vinda ao blog e a promoção. Tu não deixaste seu email então vim confirmar sua participação por aqui. Volto depois para conhecer melhor seu espaço. Beijocas e sinta-se a vontade.

Belka Pardo 21 de fevereiro de 2010 20:57  

adorei esse blog!
aqui na minha cidade participo do GPA
e sempre realizamos feira de adoções seguindo essas mesmas regras.
sou muito ayuante na causa animal...aqui acontece muita crueldade com animais e como somos a única ong da cidade e temos pouco mais de um ano de atividades, ainda não conseguimos por exemplo,cobrar das autoridades municipais um projeto de lei municipal como este de São Paulo.
Bjão
se quiser conhecer nosso grupo aqui vai o link: www.gpamanaus.org
e tem também o meu blog: www.blog-da-belka.blogspot.com

日月神教-向左使 11 de maio de 2010 16:06  

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,正妹牆,情色視訊,愛情小說,85cc成人片,成人貼圖站

  © Central Latidos e Miados by OS 2010

INÍCIO